29 de ago de 2010

Vírus, Spyware, Ad-Aware, Malware e Worms. Qual a diferença?


Quem usa um computador, ainda mais com acesso à internet já deve ter olvido as palavras Vírus, Spyware, Ad-Aware, Malware e Worms. É comum pensarmos que, de uma maneira geral, todos são vírus e perigosos para o computador. Em parte, esta afirmação é verdadeira: de fato, todos eles podem nos prejudicar de alguma maneira. No entanto, eles não são todos vírus.

- Spyware

Traduzindo ao pé da letra, Spyware significa "aplicativo ou programa espião". Ele consiste num programa automático de computador, que recolhe informações sobre o usuário, sobre os seus costumes na Internet (dados de navegação) e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento visando colher estatísticas para associar com publicidade.

Ele não tem o objetivo de colher dados para fazer maldade como dominar o computador do usuário. Por outro lado, muitos vírus transportam spywares maliciosos, que visam roubar certos dados confidenciais dos usuários como dados bancários, determinados arquivos ou outros documentos pessoais.

- Ad-Aware

Ad-Aware ou Adware, seria como se fosse um sub-grupo dos Spywares. Às vezes os eles se passam por spywares, mas tem por objetivo exibir propagandas para a tela do usuário e colher dados sobre quantos cliques tiveram as propagandas. Os Ad-Awares de hoje em dia monitoram a atividade do usuário na internet, podendo desta forma mostrar propagandas personalizadas, além de enviar dados sobre hábitos do usuário a certos sites, tendo então funções de spyware e Ad-Aware, de forma simultânea.

Há muitos Ad-Awares que trazem propagandas persistentes, onde a sua desinstalação é uma tarefa bastante penosa ou até impossível. Isso leva a classificá-los como pragas ou spywares e não mais como simples adwares. Muitos mostram propagandas pornográficas, falsas propagandas de infecção do sistema por vírus, falsa propaganda de venda de produtos, etc.

- Malware

O termo Malware é proveniente do inglês "malicious software". É um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações confidenciais. Vírus de computador, worms, trojan horses (cavalos de tróia) e spywares são considerados Malware.

Ele na maioria das vezes é difícil de ser removido, se esconde em diversas chaves do registro (regedit), não tem no adicionar e remover programas e se inicia como um serviço de sistema dificultando a remoção e em alguns casos é preciso formatar pra tirar todos os vestígios.

- Worms

Um Worm (verme, em português), é um programa auto-replicante, semelhante a um vírus. Enquanto um vírus infecta um programa e necessita deste programa hospedeiro para se propagar, o Worm é um programa completo e não precisa de outro para se propagar.

Ele pode ser projetado para ações maliciosas após infestar um sistema, além de se auto-replicar, pode deletar arquivos em um sistema ou enviar documentos por email. O Worm pode tornar o computador infectado vulnerável a outros ataques e provocar danos apenas com o tráfego de rede gerado pela sua reprodução. Eles causam mal funcionamento do computador como lentidões e travamentos e se comportam como o malware.

- Vírus

Os vírus são os programas mais utilizados para causar danos, roubar informações, etc.
Os vírus se diferenciam dos outros malwares por sua capacidade de infectar um sistema, fazer cópias de si mesmo e tentar se espalhar para outros computadores, da mesma maneira que um vírus biológico faz, igual a gripe por exemplo.

Para ser infectado com vírus de computador, é quase sempre necessário que ele seja acionado através de uma ação do usuário.

- Como evitá-los!!

A melhor forma de evitar todas essas porcarias citadas acima é instalando programas Anti-Vírus e Anti-Spyware que são as ferramentas mais comuns para prevenção. Eles analisam um programa de computador antes de executá-lo e encerra-o se reconhecer uma "assinatura" de um código mal-intencionado. Muitos Anti-Vírus também avaliam os programas para determinar se eles contêm quaisquer características relacionadas a vírus.

Existe um teste padrão que pode ser executado com simplicidade em qualquer PC a fim de descobrir se seu Anti-Vírus é capaz de detectar um malware. Abrindo um aplicativo editor de textos que salve em formato puro (.txt) e digitando a seqüência:

X5O!P%@AP[4\PZX54(P^)7CC)7}$EICAR-STANDARD-ANTIVIRUS-TEST-FILE!$H+H*

Vasculhe o arquivo salvo com seu Anti-Vírus. Caso seu Anti-Vírus não detecte o arquivo como ameaça, ele é ineficiente.


FONTE: Wikipedia.

Poderá também gostar de:
2leep.com

3 comentários:

Odail disse...

haha.. A imagem do spyware é a mais massa!! Ótimo post!!

guilherme disse...

VC USOU UMA IMAGEM DO WORMS RELOADED(JOGO) PARA O WORM

DicaPC disse...

Isso mesmo Guilherme, aquela é uma imagem do jogo "Worms" sim!!
;)

Postar um comentário

Obs: Comentários com intuito de menosprezar nosso trabalho serão excluídos!