5 de ago de 2010

Hackers e Crackers!!



Originário do inglês, o termo hacker é utilizado no português. Os hackers utilizam todo o seu conhecimento para melhorar softwares de forma legal. A verdadeira expressão para invasores de computadores é denominada Cracker e o termo designa programadores maliciosos e ciberpiratas que agem com o intuito de violar ilegal ou imoralmente sistemas cibernéticos.

Muitos deles ficaram marcados na história pelos seus atos mirabolantes e/ou interessantes. Veja então alguns dos principais Hackers e Crackers e o que eles fizeram para ganhar essa fama.


-Crackers:

Kevin Mitnick


Kevin David Mitnick (Van Nuys, Califórnia, 6 de agosto de 1963) é o hacker mais famoso do mundo. Sua história começa na adolescência em Los Angeles, durante os anos 70, quando invadiu o computador da sua escola e alterou algumas notas. Invadiu vários computadores, como de operadora de celulares, de empresas de tecnologia e provedores de internet. Na época ele tinha apenas 17 anos e sempre escapava de ser condenado.

Foi preso em 1995 (aos 32 anos) e libertado em 2000 após pagar uma fiança de U$64.000.000. Kevin Ficou três anos em liberdade condicional, sem poder conectar-se à internet. Viajou a Israel para encontrar amigos crackers, violando sua condicional resolvendo desaparecer utilizando uma identidade falsa e passando-se por outra pessoa. Como fugitivo da polícia sua atividade cracker continuou cada vez mais intensa. Hoje trabalha como consultor de segurança na Web.


Gary McKinnon:

Gary McKinnon, (Glasgow, 10 de fevereiro de 1966), conhecido como "Solo", é simplesmente o maior hacker de todos os tempos. Foi acusado pelos Estados Unidos de perpetrar o "maior ataque de todos os tempos a um computador militar". Ele é acusado de ter acessado ilegalmente e danificado 53 computadores do exército americano, da aeronáutica, do Pentágono e da Agência Espacial Americana (Nasa) entre fevereiro de 2001 e março de 2002. Perseguido em 14 Estados americanos, por oito acusações, "McKinnon é acusado de ter cometido o maior ato de pirataria em informática de todos os tempos", disse o promotor do Estado da Virgínia, Paul McNulty.

McKinnon está sempre em silêncio a respeito de seus atos. Segundo sua advogada, ela não nega que algo tenha acontecido, não nega ter acessado o sistema de informática deles". Diz que seu motivo para todo o feitoera comprovar a existência dos OVNIs e demonstrar as falhas de segurança do sistema americano. McKinnon é portador da Síndrome de Asperger (autista), o que pode ser o motivo da habilidade sobre-humana.


Kevin Poulsen

Kevin Lee Poulsen (nascido em 1965 em Pasadena, Califórnia, E.U.), ficou famoso como hacker na década de 1980. Atualmente ao invés de se preocupar com segurança apenas escreve sobre si no Wired News, e sendo um dos mais acessados da web..

Em Los Angeles, em 1990, uma estação de rádio (102,7 FM) prometeu um Porsche para o 102º telefonema do dia. Poulsen não perdeu tempo, crackeou o telefone da rádio tornou-se o número 102 adquirindo assim o prometido Porsche 944 S2. Fora isso, também teve em seu pé o FBI ao qual invadiu algumas vezes e também o Departamento de Defesa Americano.


Robert Morris

Robert Tappan Morris (8 de novembro de 1965) é mais conhecido pela sua praga "Morris worm", o primeiro código malicioso disseminado pela internet. O "Morris worm", como ficou conhecido, alastrou-se rapidamente e inutilizou muitos sistemas que contaminou. Estimativas sugerem que a praga infectou 10% dos 60 mil computadores que formavam a rede mundial da época. Ele foi condenado por fraude em computadores em 1990. Não foi para a cadeia, mas teve que pagar uma multa de US$ 10 mil dólares e prestar 400 horas de serviços comunitários. Quando Robert disseminou o vírus, seu pai trabalhava na Agência Nacional de Segurança dos EUA. Hoje, o "criador do primeiro vírus" é professor no MIT – a mesma instituição em que ele iniciou a propagação de seu worm.


John Draper

John T. Draper, (nascido em 1944, nos EUA) conhecido como "Capitão Crunch" (mascote de um cereal de café da manhã). Ele introduziu o conceito de phreaker (nome dado aos Hackers de Telefonia), ao conseguir fazer ligações gratuitas utilizando um apito de plástico que vinha de brinde em uma caixa de cereais, que reproduzia fielmente o som de 2600 Hz para acessar diretamente o satélite nas chamadas de longa distância, para fazê-las sem pagar. Obrigou os EUA a trocar de sinalização de controle nos seus sistemas de telefonia.

Draper foi preso por fraude em 1972 e condenado a cinco anos de estágio. Em meados dos anos 1970 ele ensinou suas habilidades phreaking á Steve Jobs e Steve Wozniak (citado abaixo). Atualmente ele faz softwares de segurança, é um alto responsável por desenvolver o KanTalk (VoIP software para cantores adolescentes) e organiza um programa de TV na internet, o TV Crunch.


Raphael Gray

Raphael Gray (nascido em 1982 em Clynderwen, no País de Gales, Reino Unido), com 19 anos de idade comprou viagra com o cartão de créditos do Bill Gates. Segundo ele, apenas queria expor a insegurança dos sites de comércio eletrônico. O hacker declarou cinicamente que ficou triste por não obter retorno de Bill Gates.

Ele começou a publicar detalhes de cartões de crédito (mais de 6.500 cartões) em seus 2 sites, isto chamou a atenção do FBI, que resolveu visitar Gray em sua casa. Ele foi sentenciado a 36 meses de tratamento psiquiátrico e já recebeu ofertas de emprego para trabalhar várias empresas de segurança na Internet.


-Hackers:

Linus Torvalds:

Linus Benedict Torvalds (Helsínquia, 28 de Dezembro de 1969) é o criador do Linux, núcleo do sistema operacional GNU/Linux. Ele estudou na Universidade de Helsinki. Vive atualmente em Santa Clara, na Califórnia, com a sua mulher Tove e suas três filhas. Atualmente trabalha na Open Source Development Labs (OSDL).

Começou a lidar com a informática quando tinha 11 anos. Tudo começou quando seu avô, comprou um dos primeiros computadores Commodore em 1980 e pediu-lhe ajuda para usá-lo. Lunus tornou-se tão interessado que passou um verão inteiro em frente ao computador desenvolvendo o que restava do núcleo.

Na tentativa de criar um sistema operacional similar ao Unix, Linus acaba criando o Linux. O projeto foi lançado em 1991 e o código fonte passou a ser divulgado para que outros o ajudacem. Desde os primeiros dias, ele recebeu ajuda de hackers do Minix, e hoje recebe contribuições de milhares de programadores dos mais diversos locais do mundo.


Steve Wozniak:

Stephen Gary Wozniak (São José, 11 de agosto de 1950), é um engenheiro de computação, fundador da Apple Computers, agora a Apple, junto com Steve Jobs. Foi pioneiro na iniciativa de colocar computadores disponíveis para o consumidor comum. A engenhosidade de Stephen Wozniak, sua persistência e criatividade deram-lhe o crédito por iniciar a revolução do computador pessoal.




Richard Stallman

Richard Matthew Stallman (Manhattan, 16 de março de 1953), é um famoso hacker, fundador do movimento free software, do projeto GNU, e da Free Software Foundation(FSF). Um aclamado programador, seus maiores feitos incluem Emacs, o GNU Compiler Collection, o GNU Debugger e GNU General Public License (licença livre mais usada no mundo).

Desde a metade dos anos 1990, Stallman tem dedicado a maior parte de seu tempo ao ativismo político, defendendo software livre e lutando contra a patente de softwares e a expansão da lei de copyright. O tempo que ainda devota à programação é gasto no GNU Emacs. Ele se sustenta com aproximadamente a metade do que recebe por suas palestras.


Eric Raymond:

Eric Steven Raymond (nasceu em Boston, Massachusetts, em 1957), ficou conhecido também como ESR, é um famoso hacker americano. Fez cursos de graduação e pós em matemática e filosofia na Universidade da Pennsylvania e nunca fez nenhum curso na área de ciência da computação ou engenharia de software. É faixa-preta primeiro Dan em Taekwondo.

Seu envolvimento com a cultura hacker começou em 1976, e ele contribuiu pela primeira vez para um projeto de código aberto em 1982. Desde então, suas atividades de desenvolvimento de softwares de código aberto incluíram manter o cliente de e-mails fetchmail, contribuir de modos de edição para o editor Emacs, co-escrever porções da biblioteca GNU ncurses, e contribuir para as bibliotecas giflib/libungif, libpng e algumas das padrões do Python. Enquanto isso, ele escreveu alguns documentos HOWTO, incluindo vários do corpo do Projeto de Documentação do Linux.

Alan Cox

Alan Cox (nascido em 22 de julho de 1968 em Solihull, Inglaterra) é programadore um dos mais influentes desenvolvedores do núcleo Linux até à versão 2.4. Atualmente encontra-se em pausa como desenvolvedor do núcleo Linux a fim de concluir a sua pós-graduação.








FONTE: Wikipedia

Poderá também gostar de:
2leep.com

Um comentário:

Odail disse...

Ótimo post!!

Os caras conseguem ser feios em. Aquele Raphael Gray mais parece um mendigo do que um hacker. iaihiahiahauhi..

Postar um comentário

Obs: Comentários com intuito de menosprezar nosso trabalho serão excluídos!